9 de ago de 2009

O CONTEXTO DO CRIME E AS BASES PARA A INTELIGÊNCIA ORGANIZACIONAL NAS POLÍCIAS JUDICIÁRIAS





O CONTEXTO DO CRIME E AS BASES PARA A INTELIGÊNCIA
ORGANIZACIONAL NAS POLÍCIAS JUDICIÁRIAS1


Professor Mestre Celso Moreira Ferro Júnior*
Professor Doutor George Felipe de Lima Dantas**


RESUMO: A complexidade da atividade criminal moderna é parte da complexidade maior de um
mundo globalizado e permeado por novas tecnologias de produção, captação e gestão do
conhecimento. Isso impõe que as organizações, aí incluídas as policiais, desenvolvam estruturas
tecnológicas e de gestão do conhecimento compatíveis com tal conjuntura. O presente artigo
apresenta algumas facetas genéricas dessa nova atividade criminal, bem como da nova cultura de
gestão do conhecimento desenvolvida pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) no enfrentamento do fenômeno delitivo. São mostradas algumas facetas teóricas e práticas do "Sistema Cérebro" da PCDF, o que modifica antigos procedimentos da ortodoxia da investigação policial clássica, abrindo novas fronteiras para uma necessária descoberta precisa e oportuna da consecução de ações delitivas típicas do início do século XXI. É mostrado como a PCDF, valendo-se de ações de inteligência de segurança pública, mormente da análise criminal em sua aplicação que é a Análise de Vínculos, trabalha hoje uma nova cultura técnico-profissional institucional traduzida, na modernidade, pelo que resulta da relação entre a Gestão do Conhecimento e a Inteligência Organizacional.




Nenhum comentário: