14 de jan de 2011

Stuxnet - O vírus mais poderoso do mundo


Fonte do vídeo:http://www.youtube.com/watch?v=VjHAlWQlMJI

por George Felipe de Lima Dantas
em 14 de janeiro de 2011

Stuxnet - O Vírus mais Poderoso do Mundo em 2011

O Stuxnet é uma das armas mais atuais entre as utilizáveis no "teatro de operações virtuais" da Guerra Cibernética, podendo atuar sobre Infra-estruturas Críticas. Funciona, por exemplo, sobre redes computacionais de controle de eletricidade, água, esgotos, telecomunicações e refino de gás. Especificamente, o vírus tem como alvo os sistemas de Controle Supervisor e de Aquisição de Dados, em língua inglesa -- "Supervisory Control and Data Acquisition Systems" (SCADA).

O Stuxnet pode identificar os aplicativos SCADA (desenvolvidos originalmente pela Siemens), penetrando e permanecendo "infiltrado" nos respectivos controladores lógicos programáveis. Os controladores operacionalizam automaticamente importantes funções de diferentes infra-estruturas críticas, tais como o controle de variáveis operacionais que incluem fluxos de componentes químicos, características físicas como pressão e temperatura, etc.

Sabe-se que a disseminação do Stuxnet pode acontecer por intermédio de "pendrives" (USB sticks), depois do que ele ganha acesso virtual às redes de Infra-estruturas Críticas. Como alguns outros vírus, o código de um Stuxnet inclui certificação digital previamente subtraída de um terceiro, de tal forma que ele possa sob repassar os sistemas de detecção de intrusão.

Existem referências de que o Stuxnet já tenha sido utilizado para interferir em processos de desenvolvimento do programa nuclear do Iran.

Nenhum comentário: