4 de dez de 2010

Leitura Recomendada: A nova agenda internacional de segurança põe a democracia brasileira em risco?


Fonte da imagem:http://farinha-ferry.blogspot.com/2010/11/guerra-nao-eclodiu-nas-coreias-mas-sim.html

por George Felipe de Lima Dantas
em 04 de dezembro de 2010


Leitura Recomendada: A nova agenda internacional de segurança põe a democracia brasileira em risco?

BERTAZZO, Juliana. A nova agenda internacional de segurança põe a democracia brasileira em risco?. Rev. bras. polít. int., Brasília, v. 50, n. 2, Dec. 2007.

Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292007000200003&lng=en&nrm=iso

Acesso em: 4 dez. 2010.

Transcrição do Resumo:

"A agenda Internacional de Segurança mudou após o fim da Guerra Fria. Surgiram novas ameaças, frequentemente domésticas, que vão de encontro às tradicionais teorias de segurança. Este artigo analisa documentos oficiais produzidos por atores nacionais e internacionais. É possível concluir que existem incentivos políticos e jurídicos para a participação de militares em atividades policiais. Essa participação, contudo, pode apresentar riscos para a democracia."

Comentário:

O teor do artigo tem destaque vis-à-vis a conjuntura política temporal atual do país, na medida em que ele aborda a questão da participação das Forças Armadas em situações de emergência em termos de segurança e garantia da lei e ordem. No Rio de Janeiro de 2010, forças da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro estão atuando, com franco suporte popular, em operações de controle de uma região conflagrada por agentes do chamado narcotráfico, estando em fase de planejamento a extensão em médio prazo dessas operações .

Nenhum comentário: