31 de dez de 2010

Compartilhando conteúdos sobre "Drogas"


Fonte da imagem: http://www.soyouwanna.com/images/remeron-rd-side-effects-1089.jpg

por George Felipe de Lima Dantas
em 31 de dezembro de 2010


O que são drogas? Quais as diferenças e/ou semelhanças entre as drogas depressoras, estimulantes e perturbadoras?

Drogas são substâncias que não são produzidas pelo organismo humano (podendo ter origem natural ou sintética) e que podem alterar o funcionamento de um ou mais dos sistemas daquele mesmo organismo.

É interessante notar que as drogas, por si só, não possam ser, logicamente, classificadas como lícitas ou ilícitas (são apenas drogas...), mas sim a sua utilização e/ou produção/comercialização. Isso ocorre, inclusive, pelo fato de que algumas delas eventualmente possam funcionar como medicamento (caso da morfina, por exemplo, ministrada para doentes terminais em unidades hospitalares de cuidados paliativos), assim como venenos ou tóxicos.

Algumas das drogas, caso dos inalantes, não possuem nenhum efeito terapêutico conhecido, razão de serem, ainda mais, objeto da atenção das autoridades médico-sanitárias e do sistema de justiça criminal.

Os efeitos das drogas podem ser classificados, dentre outras possíveis tipologias, como depressores, estimulantes ou perturbadores. Tal classificação está centrada no critério da ação psicotrópica produzida pela droga considerada sobre o Sistema Nervoso Central (SNC).

Exemplos dessa classificação incluiriam (i) o álcool como droga depressora, (ii) a cocaína como droga estimulante e (iii) o ácido lisérgico (LSD) como droga perturbadora.

Vale notar que os efeitos depressores, estimulantes e perturbadores não são absolutamente estanques em relação uns aos outros e drogas correspondentes, mas que ainda assim servem como critério de um esforço classificatório genérico.

Nenhum comentário: