27 de dez de 2010

Descritivo do Núcleo de Segurança Pública da Fundação Universa (NuSP/FUniversa)


Fonte: http://www.knowledgejump.com/knowledge/iStock_000003541361Small.jpg

por George Felipe de Lima Dantas
27 de dezembro de 2010



Descritivo do Núcleo de Segurança Pública da Fundação Universa (NuSP/FUniversa)

O Nusp/FUniversa já nasce como uma organização diferenciada. Ele tem como missão formar e aprimorar técnico-profissionalmente membros do sistema de justiça criminal do país, agentes de estado’, bem como operadores do direito, aos quais incumba, direta ou indiretamente, a prevenção e controle do fenômeno do crime e da violência. O núcleo nasce diferenciado de outros institutos e centros de estudos em segurança e inteligência, previamente estabelecidos no país, na medida em que está voltado especificamente para os temas da chamada “Segurança Pública Guiada pela Inteligência” e “Gestão Comunitária da Segurança”. Além da sua proposta temática única, o núcleo também esta diferenciado em seu corpo docente. Seus operadores/docentes pertencem ou já pertenceram a quadros cuja atividade-fim pode ser identificada com a gestão da segurança pública ou, melhor posto, o ‘sistema de justiça criminal’ e, mais particularmente, com a atividade de Inteligência de Segurança Pública. Aí estão incluídos agentes de trânsito, agentes prisionais, bombeiros militares, guardas municipais e policiais de diferentes origens, bem como promotores de justiça, membros de agências regulatórias, advogados criminalistas, magistrados e quadros de segurança de instituições públicas e privadas.

O que também faz do NuSP/FUniversa uma organização diferenciada da maioria das demais organizações do gênero do país é sua proposta de desmistificar a atividade de inteligência em sua aplicação objetiva na segurança pública e privada, tendo como foco o “case”. Isto seria algo impossível de praticar com uma teorização didático-pedagógica desconectada das respectivas aplicações práticas em que a praxe do setor de ‘justiça criminal’ está assentada. Assim é que o NuSP/FUniversa tem entre seus membros fundadores profissionais cujo foco principal é a “Segurança Pública Guiada pela Inteligência”, subárea da grande área que no restante do mundo é hoje denominada 'justiça criminal’.

Segue uma breve síntese dos perfis dos profissionais fundadores do NuSP/FUniversa:

Acyr Pitanga Seixas Filho

(Docente de Inteligência de Segurança Pública e Privada)
Especialista em Pericia Digital; Engenheiro de comunicações, Profissional da área de Consultoria em Inteligência Organizacional e Tecnologia da Informação.
Áreas e subáreas de origem:
 Governo Federal; Defesa e Tecnologia;
 Telecomunicações;
 Exército Brasileiro;
 Secretaria de Assuntos Estratégicos;
 Presidência da República;
 Departamento de Polícia Federal;
 Telebrás.

Celso Moreira Ferro Júnior
(Docente de Inteligência, Gestão do Conhecimento e Inteligência de Segurança Pública e Privada)
Especialista no grau de Mestre em Ciência; Profissional da área de Consultoria em Inteligência Estratégica, Segurança Corporativa, Diagnóstico de Vulnerabilidades, Segurança Pública e Tecnologia da Informação Aplicada.
Áreas e subáreas de origem:
 Governo do Distrito Federal;
 Segurança Pública;
 Polícia Judiciária;
 Operações Especiais.

George Felipe de Lima Dantas
(Docente de Metodologia da Pesquisa e Inteligência de Segurança Pública)
Especialista no grau de Doutor; Profissional da área de Consultoria em Gestão da Segurança Pública, Ensino e Instrução, Defesa Social e Inteligência de Segurança Pública. Presidente do Instituto Brasileiro de Inteligência Criminal (INTECRIM) e Vice-Presidente do “Capítulo Brasil” da “International Association of Law Enforcement Intelligence Analysts”.
Áreas e subáreas de origem:
 Governo do Distrito Federal;
 Segurança Pública;
 Polícia Ostensiva e Planejamento de Operações, Ensino e Instrução;
 Clientes que já serviu no Brasil: UNDCP, PNUD, UNESCO, Presidência da República, Ministério da Justiça, SENASP, SSPBA, SSPDF, SSPMA e SSPMT.

Grupo de “Docentes Convidados” do NuSP/FUniversa (em ordem alfabética):
• Álvaro Pereira da Silva Júnior
• Celso Moreira Ferro Júnior
• Charles Fernando Alves
• Denilson Feitoza Pacheco
• Eduardo da Silva Mattos
• Eliete Gonçalves Rodrigues Alves
• Fernando Santos Dantas
• Flamarion Vidal
• Francisco Badenes
• George Felipe de Lima Dantas
• Gilberto Alves Maranhão Bezerra
• Hugo César Fraga Preto
• Humberto de Sá Garay
• Jailson Ferreira Braz
• José Antônio Meyer Pires Júnior
• Lívia Borges
• Luciano Porciuncula Garrido
• Luiz Valério Rodrigues Dias
• Marcelo Bandeira Rodrigues
• Marcos de Araújo
• Marcos Rosas Degaut Pontes
• Marcus Vinicius Saboia Rattacaso
• Miguel Lucena Filho
• Romano Costa
• Selma Wanderlene Lima
• Walquíria Freitas de Assis

Por ser uma organização empenhada na qualidade e excelência no ensino na área de segurança pública, o NuSP/FUniversa agrega parcerias com empresas compostas de indivíduos de notório saber técnico e ilibada reputação no mercado. Entre elas, podem ser citadas (em ordem alfabética):

CODOR - Consultoria em Defesa Organizacional
Consultoria, assessoramento e a prestação de serviços técnicos altamente especializados em inteligência estratégica e tecnologia da informação; Avaliação de vulnerabilidades e análise de riscos na empresa; Realização de perícias, inclusive forense computacional; Varreduras eletromagnéticas e inspeções eletrônicas; Avaliação e detecção de invasão de privacidade de pessoas, ataques em sistemas de informação e em comunicações; Medidas de contra-inteligêcia para a neutralização de ameaças organizacionais; Prospecção e proteção de informações sensíveis; Preservação e segurança de ativos de empresas e de pessoas; Representação comercial de produtos do ramo; Realização de projetos, planos de ação e fornecimento de soluções procedimentais e tecnológicas aplicadas para a gestão do conhecimento, segurança física de estabelecimentos, pessoas e haveres; Comércio varejista e distribuição de tecnologias, sistemas, equipamentos, dispositivos eletrônicos; Softwares destinados à segurança privada e sistemas de informações e comunicações.

INFOSEC - Consultoria Contra Inteligência Empresarial

Empresa brasileira, prestadora de serviços técnicos especializados em contra-inteligência empresarial, sediada em Brasília e com atuação em todo o Brasil. No combate a fraudes que gravam o patrimônio e a imagem institucional das companhias, a INFOSEC utiliza softwares de investigação criminal de última geração na condução de diligências para deslindar atividades ilícitas cometidas contra empresas, por funcionários, acumpliciados ou não, a terceiros.

TRUESAFETY - Consultoria em Inteligência

A TrueSafety desenvolve atividades de Inteligência para a obtenção, análise e disseminação de conhecimentos referentes às possibilidades, vulnerabilidades e linhas de ação prováveis na tomada de decisões. Na área de contrainteligência atua para a execução de medidas de segurança e desenvolvimento de planos corporativos. O trabalho visa a detecção, obstrução e neutralização de ações adversas à organização. A inteligência e a contrainteligência têm como finalidade primordial assessora o planejamento da segurança, elaborar planos, programas e projetos na área da gestão da informação. As principais atividades são:

a) Antecipação de riscos e ameaças;
b) Análise de cenários e avaliação de conjunturas;
c) Estruturação implementação de unidades orgânicas de inteligência;
d) Estudos prospectivos de alto nível para a elaboração de políticas nas áreas de segurança e de infraestruturas críticas;
e) Desenvolvimento de atividades técnicas e operacionais de busca, obtenção, coleta e produção de informações;
f) Elaboração de planos e projetos de segurança orgânica;
g) Monitoração sistemática de fatos e situações de interesse da organização;
h) Operações de informação em fontes abertas.

Fundação UNIVERSA

Entidade de direito privado com autonomia administrativa e patrimonial sem fins lucrativos. Foi instituída em 1998 pela União Brasiliense de Educação e Cultura - UBEC, mantenedora da Universidade Católica, entre outras mantidas. Reconhecida nacionalmente pela relevância e excelência nas suas áreas de atuação, tornando-se referência em parcerias e intercâmbios institucionais, que tem como base os seguintes princípios: Responsabilidade social, Inovação, Empreendedorismo, Cooperação, Compromisso Ambiental e Excelência na Gestão. A Fundação Universa atua em três segmentos: Educação, que se dedica à promoção do ensino, pesquisa e extensão; Concursos, que é responsável pelo posicionamento de carreira de centenas de pessoas, além de contribuir com transparência e seriedade em processos de seleção de profissionais para a iniciativa pública e privada; e Desenvolvimento, que realiza pela celebração de contratos, convênios e acordos com empresas e organismos públicos e privados, nacionais e internacionais e entidades do terceiro setor. Com base nesse contexto, o NuSP/FUniversa oferecerá cursos de pós graduação no primeiro semestre de 2011, entre eles, em gestão de segurança; gestão da segurança pública com foco em Inteligência de Segurança Pública; gestão da segurança pública com foco em Inteligência de Segurança Pública/Análise Criminal e; gestão da segurança pública com foco em Inteligência de Segurança Pública/Contra-Inteligência/Sensores, Biometria e Alarmes.

O NuSP/FUniversa tem sua proposta centrada originalmente na utilização dos princípios milenares da atividade de inteligência, sem deixar de ter em conta a sua vocação específica para a segurança pública e privada. Seus objetos de estudo básicos, como não poderiam deixar de ser, são o crime, criminosos e questões conexas. Ainda que o método da atividade de inteligência tenha postulados milenares, as ciências, técnicas e tecnologias que lhe sucederam estão em constante evolução histórica. Entre elas parecem especialmente salientes na contemporaneidade, entre outras: a criminologia ambiental; a estatística inferencial computadorizada (incluindo os métodos quantitativos de pesquisa científica); a tecnologia da informação; os sistemas de informação geográfica baseados em georeferenciamento; a análise criminal; a análise de vínculos e, mais modernamente ainda; a fusão da informação.

Nenhum comentário: