13 de fev de 2010

INSTITUTO DE GEOGRAFIA E HISTÓRIA MILITAR DO BRASIL (IGHMB) -- Notificação da Morte do Capitão (PMDF-Falecido) CLEITON BATISTA NEIVA


por George Felipe de Lima Dantas
em 13 de fevereiro de 2010

Transcrição de mensagem eletrônica (datada de 13 de fevereiro de 2010) encaminhada ao Senhor Coronel de Engenharia e Engenheiro Militar, Doutor Luiz Carlos Carneiro de Paula, Titular da Cadeira 75 - Vilagran Cabrita, do Instituto de Geografia e História Militar do Brasil.

Caro Senhor Doutor Coronel Carneiro de Paula:

Agradeço a presteza da resposta da minha modesta informação, para registro e eventual anúncio pelo INSTITUTO DE GEOGRAFIA E HISTÓRIA MILITAR DO BRASIL (IGHMB), da morte trágica do Capitão (PMDF-Falecido) CLEITON BATISTA NEIVA em 12 de janeiro de 2010 (sob os escombros da sede da ONU/MINUSTAH), sepultado em Brasília, Distrito Federal, em 07 de fevereiro de 2010 (promoção póstuma na mesma data do funeral).

Os termos da sua pronta mensagem-resposta são mais que alentadores. Eles denotam a importância com que um "Membro Titular da Cadeira 75" do IGHMB, nomeada por um brasileiro da importância histórica de um prócere militar como VILAGRAN CABRITA, recebe e acolhe respeitosamente a notícia do padecimento na tragédia do Haiti, enquanto prestava serviços à MINUSTAH, de alguém acumula, unicamente de forma concomitante, o fato de ser brasileiro, brasiliense, policial militar e oficial da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), instituição constitucionalmente apontada como Força Auxiliar Reserva do Exército Brasileiro.

Farei chegar a sua resposta ao pequeno órfão (de um ano e sete meses), Yannick Hoeglinger Neiva, por intermédio da viúva do Capitão CLEITON, Irene Hoeglinger Neiva. Tal resposta é muito mais dele, em um futuro em que buscará explicação para o presente e o passado, do que de qualquer um mais. Ela certamente dignifica não só o Capitão CLEITON, mas também o IGHMB por um gesto de reconhecimento e justa homenagem.

Grato em meu pesar.


JOÃO CARLOS DE VILLAGRAN CABRITA PATRONO DA ENGENHARIA
(10 de abril - Dia da Engenharia)

"O Tenente-Coronel João Carlos de Villagran Cabrita nasceu a 30 de dezembro de 1820, na Província Cisplastina (atual Uruguai), à época, anexada ao território brasileiro. Assentou praça em 13 de janeiro de 1840 e foi matriculado na Escola Militar da Corte, sendo declarado Alferes a 02 de dezembro de 1840. Assumiu o comando interino do Batalhão de Engenheiros, no dia 24 de julho de 1865, em pleno curso da Guerra da Tríplice Aliança. A participação dessa Unidade foi decisiva para o sucesso da transposição do rio Paraná pelas Forças Aliadas, nos primeiros dias de abril de 1866. A 10 daquele mês, na Ilha de Redenção, quando redigia a parte da vitória, foi atingido por um obus paraguaio, vindo a falecer. É o Patrono da Arma de Engenharia".
(Extraído do Noticiário do Exército Número 9.527, de 10 de abril de 1999)

Nenhum comentário: