20 de ago de 2009

A Comunidade como Parte Ativa da Segurança Pública: Auburn, Washington, EUA




Mais uma cidade norte-americana – Auburn, no estado de Washington -- torna possível para a cidadania visualizar locais de ocorrências policiais devidamente mapeadas. O serviço é provido por uma empresa em plataforma web, sendo atualizado diariamente. A informação é provida por tipo de crime, localização da ocorrência por quadra, horário e número do registro policial. A visualização é produzida por mapeamento do Google, o qual cobre a cidade inteira com um alcance temporal prévio de 30 dias. O sistema é disponível também por bairro e nele está embutida informação sobre tendências mostradas em tabelas e gráficos. É dada ênfase a delitos de natureza sexual.



O resultado esperado é que a comunidade utilize seu poder de observação para multiplicar a capacidade de fiscalização da polícia local, contribuindo assim para o esclarecimento de crimes e prevenção criminal. A instituição policial paga uma taxa praticamente irrisória para a empresa prestadora do serviço, que utiliza dados coletados pela própria polícia em tempo real e provê as informações graficamente em formato padronizado, via web, para a cidadania. Existe também um provedor gratuito de e-mail para que sejam prestadas informações à polícia por membros da comunidade.



As informações providas pelo sistema de acesso público incluem, basicamente, furtos, agressões, arrombamentos, furtos de veículos, roubos, como também mapeia locais com alta incidência de tipos penais múltiplos (pontos quentes). Em virtude da prestadora do serviço atuar em mais de 500 outras localidades do país, é possível também fazer comparações entre os níveis de criminalidade de tais regiões.




Fonte das Imagens:


Nenhum comentário: